qua. nov 20th, 2019

Obras da ponte Central – Bequimão continuam avançando em ritmo acelerado

Em um vídeo publicado nas redes sociais o Secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, assegurou que a construção da ponte que ligará Central do Maranhão a Bequimão está a todo vapor. Nas imagens o Secretário aparece a bordo da plataforma Iemanjá, estrutura com mais de 600 toneladas, contratada pelo governo do estado do Maranhão para executar o serviço de construção dos pilares e das bases que irão garantir a sustentação da ponte.

A construção da ponte tem contado com o empenho do prefeito de Central do Maranhão, Ismael Monteiro, que tem solicitado em reuniões com o próprio Secretário Clayton Noleto e com o Governador Flávio Dino, celeridade na execução da obra que é de extrema importância não apenas para o município, mas para toda a região.

“A construção dessa ponte não irá apenas encurtar distâncias, irá trazer desenvolvimento para Central e a nossa região, já estamos planejando algumas ações para tirar proveito dos benefícios que essa obra irá nos proporcionar, o município precisa estar preparado para quando esse fluxo de pessoas começar a passar por aqui e nossa equipe já está trabalhando com relação a isso” garantiu o prefeito.

Serão colocadas 24 estacas de 6 blocos, com cerca de 20 metros de profundidade. O prazo de trabalho na obra com a balsa será em média de sete meses, para depois dar prosseguimento com outras etapas do tabuleiro da ponte. No seu depoimento o secretário explica que está em fase de execução a colocação das camisas metálicas com 20 metros de comprimento, que também servem de fôrma para a colocação do concreto das estacas de sustentação.

A plataforma é, atualmente, o melhor equipamento para se trabalhar com fundação subaquática, precisão, economia e segurança ao executar os trabalhos.

Fases da obra
Hoje a obra está em estágio de fabricação da pré-laje de concreto armado, serão cerca de 4.800 peças, uma espécie de tabuleiro que serve de fôrma para colocar toda a estrutura metálica da ponte que ficará na parte superior.

Com extensão de 589 metros, a ponte vai interligar 10 municípios da Baixada Maranhense e diminuir a distância de deslocamento dos moradores da região.